Como usar: sapato de bico fino

31 de março de 2015

Da mais simples sapatilha ao mais poderoso scarpin, o bico fino é sempre uma característica presente nos calçados de qualquer estação. Por ser considerado um clássico, o bico fino não depende de “tendências” para aparecer, mas volta e meia, ele cai nas graças dos fashionistas, aparecendo com maior intensidade nas passarelas e vitrines. 


O bico fino é democrático, podendo ser usado tranquilamente por qualquer mulher. Dependendo do modelo, ele pode até dar aquela espichadinha na silhueta – basta usar um calçado num tom parecido com a pele ou com a calça, e deixar o peito do pé a mostra. O único “porém” é que o bico fino pode passar a impressão de um pé maior, então se você quiser evitar esse efeito, prefira bicos arredondados. 


O estilo democrático do bico fino aparece também na hora de montar looks, já que ele pode ser usado tanto para dar um up num visual básico, quanto para complementar um modelito super chic. Os modelos de salto alto, como o scarpin, transitam bem entre looks básicos e sofisticados, enquanto os calçados sem salto, como as sapatilhas, são mais restritos ao dia a dia e eventos informais. 


Na hora de escolher o seu calçado, o conforto é via de regra! Experimente o modelo desejado e sinta se ele é confortável, se não machuca ou aperta o pé em algum ponto. Se você quiser um calçado para qualquer ocasião, modelos na cor nude ou preto são as melhores opções, pois eles vão combinar com qualquer look. Agora para looks mais ousados, versões coloridas e estampas são escolhas certas!

Fonte: Bottero
Imagens: reprodução 

Por dentro da moda: saias outono | inverno 2015

24 de março de 2015

Femininas e confortáveis, as saias são um curinga que deve ser mantido no guarda roupa em todas as estações. Mesmo que você possa aproveitar aquela mais querida durante o ano inteiro, cada época do ano traz novidades para as lojas e passarelas. Confira alguns modelos incríveis que separamos.


Cortes e formatos 
Como é de praxe para esta meia-estação, a saia longa é uma das queridinhas – se possível aliada a um tênis ou botinha curta. Alguns modelos médios (acima do joelho) contam também com fendas cheias de charme, deixando à mostra um pedacinho de uma das coxas ao caminhar – com atenção especial às fendas irregulares, sucesso em diversos desfiles internacionais. Uma boa dica para aproveitar as saias do verão é montar looks com botas na altura do joelho – outra tendência do inverno. 

Estampas e cores 
Este inverno está inspirado em elegância e discrição. Portanto, as cores e estampas da estação utilizam tons de cinza, marrom, azul, verde e bege de maneira charmosa, com pequenos detalhes coloridos que fazem toda a diferença. Nas estampas é possível encontrar bastante polka dots (bolinhas de diversos tamanhos) vermelhas, influências étnicas em tom sobre tom, prints referentes à beleza do outono, entre outros. Outro modelo que está em alta é a saia em pétalas, com várias fendas que dão leveza ao andar. O plissado também volta com tudo!


Modos de usar 
A maneira de usar as saias também mudou um pouco para a nova estação. A cintura alta continua presente, bem como o comprimento midi. As saias de couro e vinil também estão em alta, de preferência acompanhadas por blusas de malha mais confortáveis e despojadas, como algodão ou tricô.


Fonte e imagens: Bottero 

Invista na meia-calça preta

17 de março de 2015

O verão acabou e os dias mais frios vão se aproximando. As blusas cavadas são substituídas por mangas mais longas e casaquinhos, que podem ser combinados com calças, vestidos e saias. Isso mesmo, você não precisa deixar de usar as suas roupas preferidas que deixam as pernas à mostra para se proteger dos dias com temperaturas mais baixas. Basta apostar na meia-calça preta, que é peça-chave para os dias frios. 


A meia preta deixa a produção mais elaborada, elegante e ainda protege as pernas do frio. Há uma grande variedade de fios de meia-calça que devem ser escolhidos de acordo com o gosto ou até mesmo a temperatura. Em dias mais frescos o fio 15, que é mais fino, é o ideal. Já em dias muito frios, o melhor é usar as mais grossas, com fios que variam do 40 ao 80. 

Para quem gosta de sair do comum, a meia preta também pode ser encontrada em modelos com detalhes de coração, bolinhas entre outros desenhos. 


A tonalidade neutra da meia-calça preta combina com qualquer look, dos mais básicos aos mais sofisticados. Tem ainda a vantagem de garantir um efeito de silhueta e pernas alongadas e mais finas, principalmente quando combinada com salto alto ou calçado da mesma cor da meia. Ela também ajuda a valorizar as peças coloridas, estampadas e destacar as mais claras. 


Abuse das combinações de saias, vestidos e até mesmo aquele seu shorts jeans preferido com a meia preta, não tem erro. O look preto total também pode receber o complemento da meia-calça, mas para quebrar a seriedade e incrementar a produção, invista nos maxi colares, pulseiras e acessórios como bolsas e calçados com detalhes. 

Fonte: Dicas de Mulher
Imagens: reprodução

Um pouco mais sobre o salto cubano

10 de março de 2015

O salto cubano se assemelha a um bloco, e possui a característica de afinar levemente entre a sola e ponto de contato com o chão. Sendo um modelo de altura e espessura média, o salto cubano é uma aposta segura, confortável e cheia de estilo, para usar nas mais diversas situações do dia a dia. O salto cubano é ideal para aquelas mulheres que buscam elegância e conforto, pois ele é um salto para acompanhá-las em todos os momentos. 

Veja algumas ideias de looks com sapatos de salto cubano:



Imagens: reprodução

Como cuidar de seus sapatos

3 de março de 2015

Para conservar o seu modelo novo e bonito de sapato por mais tempo é fundamental seguir algumas recomendações. Por isso, separamos algumas dicas para te ajudar.


Evite molhar seus sapatos, mas caso isto ocorra, nunca coloque-os no sol. Deixe-os secar à sombra e longe também de qualquer outra fonte de calor. Ou seja, nada de deixar atrás de geladeiras, usar secador de cabelos, etc. Colocar jornal na parte de dentro do sapato ajuda a absorver a umidade e ainda mantém a forma do calçado. 

Na hora da limpeza,  nunca molhe seu calçado, muito menos mergulhe-o na água. Isto pode ser desastroso, pois danifica os materiais, a cor e a textura. A máquina de lavar também está fora de cogitação. 

Independente do material do seu sapato, delicadeza é palavra-chave. Jamais esfregue com força ou passe esponjas grossas. O ideal é saber a forma mais adequada de limpeza para cada tipo de matéria-prima como listamos a seguir: 

Couro em geral 
Umedeça levemente uma flanela macia e passe delicadamente sobre a superfície para retirar a sujeira. O ideal é utilizar produtos impermeabilizantes para calçados que existem no mercado logo que eles sejam comprados, pois isto evita a absorção de líquidos pelo couro desde seu primeiro uso. Sprays, graxas e pomadas próprias também evitam o ressecamento e o aparecimento de rachaduras. 

Couro tipo camurça e nobuck 
Escovas de cerdas bem macias são o principal aliado deste tipo tão delicado de couro. Existem escovas próprias para camurça e nobuck, mas isto não é obrigatório; basta serem bem macias. As escovas devem ser utilizadas sempre secas. 

Couro tipo croco e cobra 
Use apenas flanelas e panos macios secos. Assim fica mais fácil de retirar a sujeira que por ventura se acumule nas texturas. 

Couro verniz 
Utilize somente flanelas e panos macios umedecidos. Jamais use escovas, pois elas podem riscar o verniz. 

Outros cuidados para manter seu sapato sempre bonito, novinho e cheiroso: 
O ideal é sempre guardar seus sapatos com fôrmas próprias ou preenchendo seu interior com papel ou jornal amassado. Botas de cano alto podem ser preenchidas com revistas enroladas, ajudando assim a manter seu formato intacto. 

Calçados precisam “respirar”, os de couro principalmente. Após um dia inteiro em contato com os pés é ideal deixar o seu sapato em ambiente arejado (evite deixar em banheiros por sua típica umidade), à sombra e logo que você os descalce. 

O uso de sapatos de couro por dois dias seguidos não é recomendado, pois além da deformação acentuada do material, ele pode acumular odores. Falando em odores, é sempre indicado que além da higiene diária dos pés e o uso de meias sempre limpas, a utilização de talcos próprios.

Fonte: Bottero 
Imagem: reprodução. 
 

Posts Comments

© 2014 Ponto 3 e Calçados Schmidt · Agência Pronúncia