DECOTE PROFUNDO: TENDÊNCIA QUE INSPIRA SENSUALIDADE

29 de fevereiro de 2016

Uma mulher com um decote profundo costuma ser poderosa, elegante e charmosa – e não é à toa! Uma blusa ou vestido com decote V costuma valorizar o corpo feminino e exaltar toda a sensualidade natural da mulher.

Como usar o Decote Durante o Dia

Quando os decotes profundos surgiram, eles eram criados para compor looks exuberantes para à noite e, geralmente, eram vistos em vestidos. Porém, com a sua difusão, passaram a ser desenhados modelos para o dia, mais casuais, mas sem deixar de lado a sensualidade. É comum encontrar blusas e vestidos de manga longa com decotes profundos, sejam estampados ou com cores neutras.

Dica de look: Que tal um macaquinho de manga longa estampado ou monocromático? Cai muito bem com a sandália de salto grosso estilo gladiador.


Como usar o Decote V à Noite
O decote V já virou figurinha carimbada das grandes premiações. Constantemente, as celebridades cruzam os tapetes vermelhos com vestidos longos suntuosos e com um decote arrebatador. Evite usar versões de roupas decotadas muito justas ou curtas para não sobrecarregar o look.

Dica de look: Vestido longo que alongue a silhueta, com caimento leve e fenda ficam incríveis durante à noite. Complete o “visu” com um sapato peep toe meia pata!


Dicas Importantes Sobre a Tendência:
Para evitar qualquer imprevisto com o decote nas ruas, assim como algumas estrelas do pop descuidadas, utilize o lib, um adesivo que protege e sustenta os seios.

Como o decote é um detalhe insinuante, o ideal é usar uma parte de baixo mais longa para equilibrar o visual.

Mulheres mais baixas devem optar por modelos mais curtos e retos para causar um efeito longilíneo.

Fonte e imagens: Bottero.net

MINISSAIA E SAPATO: SAIBA COMO COMBINAR ESSAS PEÇAS

23 de fevereiro de 2016

As altas temperaturas no verão fazem com que a minissaia vá além da tendência de moda, tornando-a praticamente um item de primeira necessidade para lidar com o calor! Mas, mesmo que essa peça faça parte do dia a dia, não precisamos abrir mão de looks bem pensados, não é mesmo?

Para tal, é indispensável saber que calçados usar com saia, afinal, quando usamos o comprimento mini, as pernas e os pés acabam ganhando um destaque especial.
Aprenda a combinar essas peças com as dicas abaixo:

A queridíssima saia jeans fez seu retorno no último verão – e nesta temporada ganhou também a companhia dos botões frontais. Com essa peça podemos usar qualquer calçado, mas seu tom casual e urbano faz com que calçados mais despojados sejam a melhor opção. Por isso, invista em modelos sem salto, como as sapatilhas, rasteirinhas, alpargatas e tênis.


A minissaia é a oportunidade perfeita para usar as sandálias gladiadoras, especialmente os modelos de cano alto, onde as tiras ficam próximas ao joelho – outra tendência da temporada. Você pode apostar em saias jeans ou em outros tecidos, como o algodão ou a camurça, que darão um toque sofisticado ao look.

Como a minissaia ainda tem um espaço restrito em eventos mais formais, use-a com sapatos de salto alto nas baladas à noite. Não tem problema combinar a minissaia com salto alto durante o dia, mas que tal usar saltos mais casuais? As sandálias anabela e os espadrilles são boas pedidas para looks diurnos.

A minissaia destaca as pernas e os pés. O que algumas meninas podem ver como um problema, na verdade, é uma oportunidade para usar as peças ao seu favor: quem tiver pernas finas pode abusar dos calçados com tiras, que agregam volume ao tornozelo e/ou a batata da perna. As meninas de pernas grossas conseguirão um look incrível usando calçados que deixem o peito do pé à mostra ou que sejam do mesmo tom da pele.

Se o tamanho do pé for o dilema, saiba que pés grandinhos podem parecer menores quando usamos calçados de bico arredondado e cores discretas ou bicolores (aqueles com a pontinha de outra cor). Para que seu pé pareça maior, basta não seguir nenhuma dessas dicas, ou seja: sapatos de ponta fina e em cores chamativas!


Fonte e imagens: bottero

Power walking

15 de fevereiro de 2016


O power walking é uma caminhada acelerada. Sua diferença em relação à caminhada normal é o desafio de manter o ritmo do exercício. Já se comparado à corrida, o power walking tem menor risco de lesões. A prática fortalece a musculatura, combate a hipertensão, o infarto e a diabetes. Comece devagar, respeite suas limitações e vá acelerando aos poucos.
Aaa, lembre-se de ter um bom tênis para o exercício ;)


Fonte: Calçados Comfortflex



Sapatilhas para amar!

10 de fevereiro de 2016



Dicas para organizar seus sapatos

2 de fevereiro de 2016

É muito comum termos mais calçados do que espaço para guardá-los, concordam? Mesmo que sua coleção não seja gigantesca, ela ocupa um espaço considerável, principalmente se você os guarda com o devido cuidado. Por isso, as dicas de hoje são para ajudar você a manter seu espaço otimizado e seus calçados organizados, confira!

Organizadores
Os organizadores de sapatos – produzidos em TNT e plástico – não são uma novidade, mas não é à toa que eles estão há tanto tempo no mercado. Atualmente é possível encontrar diversos modelos que podem ser guardados no armário, atrás da porta e até mesmo embaixo da cama.

Você encontra esse tipo de organizador em mercados e lojas de departamento.



Móveis com dupla função
Um móvel funcional é ideal para otimizar seu espaço e ainda deixar seus pertences bem organizadinhos! Existem vários modelos, como puffs que servem de baú, sapateiras que também são cômodas e por aí vai. Em uma loja de móveis, você certamente irá encontrar esses mobiliários, mas se quiser algo bem específico, procure um marceneiro.


Faça você mesmo
Você pode fazer seu próprio organizador de sapatos utilizando objetos que tem em casa ou que custam barato. A primeira dica é reaproveitar canos de PVC grandes. Corte-os do tamanho (aproximado) dos seus calçados e empilhe-os em um canto. É possível ainda fazer o mesmo utilizando garrafas PET (de 3 litros) e outros objetos cilíndricos.

Outro truque é adaptar os cabides e então pendurar seus calçados no armário. Funciona assim: utilizando um alicate, corte a metade inferior do cabide, então dobre as hastes restantes, deixando elas na vertical – é nesse espaço que os calçados serão encaixados. Não se esqueça de proteger as pontinhas do cabide, para que elas não furem o calçado.


Fonte e imagens: Bottero
 

Posts Comments

© 2014 Ponto 3 e Calçados Schmidt · Agência Pronúncia